A liderança em segurança no trabalho e a motivação das equipas

Icon of [Download] A Liderança Em Segurança No Trabalho E A Motivação Das Equipas [Download] A Liderança Em Segurança No Trabalho E A Motivação Das Equipas

O líder é o elemento que possuí a “poderosa ferramenta” para conseguir influenciar toda a organização, através da união de todos em torno do seu propósito e visão, tornando-se ele próprio responsável pelo push a nível comportamental de todos os trabalhadores.

É consensual em ambas as teorias da motivação que esta é pessoal e que os estímulos exteriores apenas irão fazer “despertá-la”, como por exemplo, as espectativas, as condições de trabalho ou as recompensas adequadas ao seu desempenho.

De acordo com a teoria da equidade de Adams, a utilização do sistema de recompensas como elemento motivador deve ter sempre em consideração a equidade de todos os trabalhadores e, no caso concreto da segurança no trabalho, aqueles que promoverem ou adotarem comportamento seguros devem ser recompensados. Os casos de não cumprimento das regras estabelecidas pela organização conferem uma oportunidade ao líder de exercer o seu poder, demonstrando à organização ser exemplar na forma como trata os trabalhadores. É esta relação emocional (amor/ódio) do líder para com os seus trabalhadores que se intensifica a motivação individual e se traduz em resultados inesperados.

Por outro lado, é fundamental que a organização identifique as expectativas dos seus trabalhadores, por forma a tomar decisões que possam influenciar a motivação destes na realização das suas tarefas. É nesse sentido, que as empresas devem dar particular importância à mensagem que transmitem aos seus trabalhadores, isto é, com conteúdo verdadeiro e próximo da sua realidade, sob pena de gerar falsas expectativas junto destes.

A teoria da hierarquia das necessidades de Maslow também norteia a forma como os níveis motivacionais dos trabalhadores podem ser “estimulados”, dado que mesmo uma empresa que remunere bem os seus trabalhadores, o facto de trabalharem no meio laboral onde os seus colegas já tiveram acidentes de trabalho vai provocar um elevado sentimento de insegurança reduzindo a sua motivação e consequentemente a sua produtividade.

Em suma, verifica-se que existe uma clara associação entre a liderança e a motivação das equipas, dado que estas para serem eficazes têm de conhecer exatamente qual o caminho a seguir e, individualmente, qual o lugar de cada elemento no interior da organização (expectativa vs. recompensa). No caso concreto da segurança, o incentivo a boas práticas seguras e uma mensagem correta – que reflita as reais condições existentes, são fundamentais para o líder realizar os “estímulos” necessários à motivação dos seus trabalhadores.

Próximo artigo: A Segurança do trabalho solitário, uma realidade cada vez mais atual.

Bibliografia:

Dias, Tiago Miguel Ferreira (2014). “O líder como elemento motivador da equipa: em contexto de gestão de segurança no trabalho”. In: Neves et al. (Eds), Vertentes e Desafios da Segurança 2014 (ISBN: 978-989-99199-0-7), Leiria, Portugal

Rego, Arménio (1997), Liderança nas Organizações – Teoria e Prática. Aveiro: Edição da Universidade de Aveiro.

Zaleznik, Abraham (1977), Managers and Leaders – Are They Different? Harward Business Review – Janeiro 2004.

Kotter, Jonh (1990), What leaders really do. Harward Business Review.

Gilbert, T. (1978). Human competence: Engineering worthy performance. New York: McGraw-Hill

Tiago Dias

Tiago Dias, licenciado em Saúde Ambiental pela Escola Superior de Tecnologias de Saúde de Lisboa e em Engenharia de Segurança no Trabalho pelo Instituto Superior de Educação e Ciências, exerce desde 2007 funções na área da Segurança do Trabalho, com especial destaque para o setor das telecomunicações, grande distribuição e logística. Autor de diversos artigos científicos, tem particular interesse pela relação entre a Segurança no Trabalho e a Gestão Empresarial, onde desenvolve investigação no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa. Mais informações: pt.linkedin.com/in/tiagomigueldias
Tiago Dias

Tiago Dias

Tiago Dias, licenciado em Saúde Ambiental pela Escola Superior de Tecnologias de Saúde de Lisboa e em Engenharia de Segurança no Trabalho pelo Instituto Superior de Educação e Ciências, exerce desde 2007 funções na área da Segurança do Trabalho, com especial destaque para o setor das telecomunicações, grande distribuição e logística. Autor de diversos artigos científicos, tem particular interesse pela relação entre a Segurança no Trabalho e a Gestão Empresarial, onde desenvolve investigação no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa. Mais informações: pt.linkedin.com/in/tiagomigueldias

2 comentários em “A liderança em segurança no trabalho e a motivação das equipas

  1. Prezado Tiago Dias
    Corretíssima a sua explanação!
    O líder motivador é um exemplo em segurança do trabalho! Agrega valor a sua equipe com foco no comportamento seguro!
    Luiz Bardal
    HSE Manager
    Construtora OAS SA
    Há 30 anos Eng de Segurança e Gestor de HSE em grandes empresas nacionais e internacionais
    Brasil

    1. Caro Luiz Bardal,
      Obrigado pelo seu comentário!
      Tal como diz, o lider é capaz de agregar as pessoas em torno de um objetivo, agora o desafio é conseguirmos que a segurança no trabalho se torne esse marco importante a alcançar pela organização, para que se torne num valor acrescentado e diferenciador.
      Mas acredito que todos juntos na área da segurança do trabalho vamos lá chegar.
      Tiago Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscribe!