O ensino da Medicina do Trabalho em Portugal

O ensino da Medicina do Trabalho foi assegurado, desde 1963, pelo Instituto de Higiene Dr. Ricardo Jorge, como especialização do Curso de Medicina Sanitária. O ensino da Medicina do Trabalho está ainda associado, em termos históricos, à formação especializada de médicos do trabalho, através de um curso que constituía habilitação legal para o exercício da medicina do trabalho em serviços médicos do trabalho, inicialmente no âmbito das disposições técnico-normativas e jurídicas de 1962 sobre a prevenção da silicose, nas minas, nos estabelecimentos industriais e em outros locais de trabalho em que existia o risco daquela doença profissional.

Leia Mais

Quantidade e qualidade do ar em aeronaves de aviação comercial

Terá cerca de um século a utilização comercial de aeronaves (a primeira empresa de aviação comercial foi fundada em 1916 com o recurso a aeronaves militares adaptadas). Nessa altura, as aeronaves não eram pressurizadas e voavam a altitudes inferiores a 10.000 pés. Muito mudou desde então. As condições atmosféricas aos níveis de altitude em que […]

Leia Mais

Acidentes de trabalho e Doenças profissionais, mesmo mortais, quase nunca são notícia como tal.

As doenças profissionais ocorrem sempre algum tempo após a exposição ao fator de risco profissional (por alguns chamado também “perigo”) e, muitas vezes, o seu desfecho mortal ocorre muitos anos após o trabalho ou a atividade profissional determinante para tal desfecho. Os acidentes de trabalho mortais não!  Têm, quase sempre, o dramatismo da “brutalidade” do […]

Leia Mais

Riscos profissionais em docentes: “dar aulas e receber doenças?”

O sector dos serviços (terciário) tem sido muito pouco valorizado em matéria de riscos profissionais, relativamente à atenção que o sector secundário tem recebido a que não será alheio, por certo, o dramatismo das situações de acidente de trabalho e, até mesmo, das doenças profissionais que aí ocorrem. Nos últimos vinte e cinco anos, em […]

Leia Mais

Envelhecimento e Trabalho: “velhos são os trapos”

Na atual fase de desenvolvimento da Saúde Ocupacional, ou da Segurança, Higiene e Saúde dos Trabalhadores nos Locais de Trabalho (SHSTLT) se se preferir, pretende-se um ambiente de trabalho saudável, seguro e satisfatoriamente confortável e um trabalhador saudável, ativo e produtivo, sem doenças naturais ou ocupacionais e apto e motivado para o exercício da sua […]

Leia Mais

Saúde e Segurança do Trabalho: necessidade imperiosa de compromissos mútuos

A Medicina do Trabalho, e outras disciplinas como a Enfermagem do Trabalho ou de Saúde Ocupacional, centram-se essencialmente nos indivíduos, enquanto a área da Higiene e Segurança do Trabalho se concentra nos fatores de risco (ou “perigos”) ambientais de doença profissional ou de acidente de trabalho. Existe consequentemente uma certa “inevitabilidade” da abordagem integrada desses […]

Leia Mais

Asma profissional: uma doença profissional muitas vezes disfarçada

A asma profissional é, no essencial, uma obstrução reversível do fluxo de ar nas vias respiratórias e/ou uma hiperreactividade brônquica causada por factores de risco de natureza profissional. Desde a última metade do século passado veio adquirindo um grande “protagonismo” entre as doenças profissionais “destronando” o anterior protagonismo das doenças respiratórias provocadas por poeiras, que […]

Leia Mais