Entre os riscos e os benefícios – análise da percepção social do risco em duas comunidades mineiras

Se no passado, a actividade mineira podia ser identificada com uma gestão de tipo essencialmente economicista e predatória relativamente aos recursos naturais, actualmente as crescentes preocupações sociais e institucionais com as questões ambientais, assim como a ocorrência de alguns acidentes, contribuíram para o aumento da pressão junto da indústria extractiva no sentido da melhoria do seu desempenho ambiental e social.

Leia Mais

Blog Safemed revela novo design e funcionalidades

Em Março de 2015 nasceu o Blog Safemed, desenvolvido com o objetivo de se tornar a plataforma de eleição na partilha de informação e conhecimento entre profissionais e empresas de Segurança e Saúde do Trabalho. Apesar de existirem diversos espaços que reunem alguma informação sobre este sector, os mesmo estão quase sempre limitados a uma determinada visão, autor ou empresa.

Leia Mais

Proposta Metodológica para a Avaliação da Insegurança Alimentar em Portugal

A Insegurança Alimentar assume-se como um problema central na área da saúde pública na medida em que as famílias em situação de Insegurança Alimentar, podem por um lado, apresentar mais frequentemente uma ingestão insuficiente de nutrientes (nomeadamente ferro, cálcio e vitamina C), que por sua vez está associada a situações de doença aguda, tais como anemia, menor capacidade do sistema imunológico ou défices cognitivos e de aprendizagem em crianças (15-17).

Leia Mais

Gripe A: Orientações para empresas e instituições

Quais nos planos de contingência que as empresas devem seguir? Várias empresas nacionais têm um plano de contingência preparado para responder à gripe A (H1N1), reduzindo, assim, o risco de contaminação nos locais de trabalho. Embora não tenha carácter obrigatório, as empresas e instituições devem perante um cenário de gripe pandémica, elaborar um plano de […]

Leia Mais

[Notícia] STOP às infecções hospitalares. Doze hospitais unidos no combate

Portugal tem das mais altas taxas de infecção hospitalar da Europa e gasta, nesta área, cerca de 280 milhões de euros por ano. Reduzir para metade estes números é o objectivo do protocolo “STOP infecções hospitalares”. Doze hospitais propõem-se diminuir, durante os próximos três anos, a taxa de infecções hospitalares em 50%. O protocolo é assinado […]

Leia Mais