satisfaçao_trabalhadores_estratégia_segurança_sst_abaco_consultores

Como tornar a segurança no trabalho estratégica na satisfação dos trabalhadores?

Para Zwetsloot (2010), a saúde e segurança no trabalho é um importante elemento na dimensão social das organizações, possibilitando através desta integrar as políticas de SST a um nível estratégico das empresas, contribuindo para uma opinião positiva junto de todas as partes interessadas.

Esta integração da SST na estratégia das organizações traduz-se, igualmente, na promoção da imagem de empregador responsável, melhorando a sua posição no mercado de trabalho junto de potenciais trabalhadores, bem como incentiva a satisfação e comprometimento dos atuais trabalhadores (EU-OSHA, 2004). Deste modo, quando os trabalhadores estão satisfeitos e comprometidos com o seu trabalho existe uma maior disposição para fazer o seu melhor em prol da sua organização, dado a interiorização dos objetivos e valores organizacionais (Porter e Smith, 1970).

Daí que os resultados alcançados com em diversos estudos permitem identificar uma associação positiva entre a SST e a satisfação no trabalho. Tal como refere Geller (2014), existe uma necessidade das organizações refletirem na sua reputação a consciência e os princípios éticos perante o processo estratégico, isto é, as empresas não podem ter uma imagem exterior de boa responsabilidade social e interiormente possuírem um fraco desempenho naquilo que são, por exemplo, as condições de SST.

A SST deve deixar de ser encarada como uma questão de cumprimento obrigatório por parte das empresas, para se tornar em parte integrante da cultura organizacional, assim como num fator de competitividade e diferenciação.

Em suma, um dos maiores desafios das empresas é o de alinhar os seus recursos humanos em torno dos seus objetivos estratégicos. Assim, apenas pela participação e envolvimento dos trabalhadores nas decisões empresariais, é que estes se sentem emocionalmente ligados e com relações mais fortes com a empresa, motivando cada um a dar o melhor de si, a ir mais além das suas funções, a inovar e capacitar a organização com melhores recursos. É nesse sentido que a segurança no trabalho pode ser adotada pelas organizações como uma ferramenta fundamental para alcançar um elevado nível de satisfação dos trabalhadores, dado contribuir com a sua visão ampla para a comunicação com todos os stakeholders.

Bibliografia:

  • Zwetsloot, Gerard I.J.M. (2010), Corporate Social Responsibility and Safety and Health at Work, Global Perspectives, Working on Safety Conference.
  • EU-OSHA (2004), Corporate social responsibility and safety and health at work, Luxemburgo, Office for Official Publications of the CE.
  • Porter, L.; Smith, F. (1970), The etiology of organizational Commitment, Irvine, University of California.
  • Geller, Gabriel (2014), A review and critique on the relation between corporate reputation, value creation and firm performance. Amazon.
  • Dias, Tiago Miguel Ferreira (2015). “A sustentabilidade empresarial como estratégia para a criação de valor”. In: Neves et al. (Eds), Vertentes e Desafios da Segurança 2015 (ISBN 978-989-99199-1-4), Leiria, Portugal
4 (80%) 1 vote
Tiago Dias

Tiago Dias

Tiago Dias, licenciado em Saúde Ambiental pela Escola Superior de Tecnologias de Saúde de Lisboa e em Engenharia de Segurança no Trabalho pelo Instituto Superior de Educação e Ciências, exerce desde 2007 funções na área da Segurança do Trabalho, com especial destaque para o setor das telecomunicações, grande distribuição e logística. Autor de diversos artigos científicos, tem particular interesse pela relação entre a Segurança no Trabalho e a Gestão Empresarial, onde desenvolve investigação no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa. Mais informações: pt.linkedin.com/in/tiagomigueldias
Tiago Dias

Tiago Dias

Tiago Dias, licenciado em Saúde Ambiental pela Escola Superior de Tecnologias de Saúde de Lisboa e em Engenharia de Segurança no Trabalho pelo Instituto Superior de Educação e Ciências, exerce desde 2007 funções na área da Segurança do Trabalho, com especial destaque para o setor das telecomunicações, grande distribuição e logística. Autor de diversos artigos científicos, tem particular interesse pela relação entre a Segurança no Trabalho e a Gestão Empresarial, onde desenvolve investigação no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa. Mais informações: pt.linkedin.com/in/tiagomigueldias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscribe!

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>