[Notícia] 50 instrutores de tiro intoxicados com metais

Cinquenta polícias que são formadores de tiro da PSP, nas carreiras de norte a sul do País, sofrem de intoxicações com metais pesados – chumbo, cobre e zinco – e têm revelado sintomas de “diarreia permanente, vómitos e insónia total”, segundo os relatórios médicos a que o CM teve acesso. Exigem o apoio da PSP e o reconhecimento da doença profissional.

Os relatórios revelam um quadro clínico associado “à presença de metais pesados no organismo, com valores anormais no sangue, urina, cabelo e unhas”. Sendo que “o tempo médio de vida destes profissionais está gravemente comprometido”, há clínicos a defender a “incapacidade parcial para o trabalho” destes formadores. Fonte oficial da PSP afirma “ter tido conhecimento de quatro polícias cujas análises clínicas apresentavam elevadas concentrações de metais pesados no sangue”. E diz que “foram feitos exames de despistagem a mais elementos”, sem revelar pormenores. Segundo a PSP, todos “os formadores das carreiras de tiro foram notificados para realizarem exames e análises clínicas”.

Fonte (CM): bit.ly/1FvCUpd

Márcia Cardoso

Márcia Cardoso

Márcia Cardoso, licenciada em Marketing. Actualmente desenvolve funções na Ábaco Consultores.  Visualizar perfil de Márcia Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscribe!