Sinalização

Os locais de trabalho onde existam riscos que não podem ser eliminados ou evitados através de sistemas de protecção colectiva, devem ser convenientemente sinalizados a fim de chamar a nossa atenção com a antecedência suficiente para poder evitá-los.

Em geral, esta sinalização deve ser utilizada sempre que necessário:

  • Alertar da existência de determinados riscos, proibições ou obrigações: por exemplo, proibição de fumar na proximidade de produtos inflamáveis nos trabalhos de envernizamento, utilização obrigatória de protecção da cabeça devido ao risco de queda de materiais, etc.
  • Alertar sobre situações de emergência que exijam a adopção de medidas urgentes de protecção ou evacuação.
  • Facilitar a localização e identificação dos meios ou instalações de protecção, evacuação, emergência ou primeiros socorros: por exemplo, localização da caixa de pronto-socorro, do extintor portátil de incêndios, etc.
  • Orientar aos trabalhadores que realizem determinadas manobras perigosas.

Definição

Sinalização de segurança é aquela que, relacionada com um objecto, actividade ou situação determinada, fornece uma indicação ou uma obrigação relativa à segurança ou à saúde no trabalho.

A utilização de uma sinalização adequada ajuda-nos a prevenir os riscos, mas apenas como um complemento das medidas de segurança adoptadas, dado que a sinalização, por si só, não elimina o risco existente.

Fonte: Isastur, veja o artigo completo aqui.

Avalie o artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscribe!