Proposta Metodológica para a Avaliação da Insegurança Alimentar em Portugal

A Insegurança Alimentar assume-se como um problema central na área da saúde pública na medida em que as famílias em situação de Insegurança Alimentar, podem por um lado, apresentar mais frequentemente uma ingestão insuficiente de nutrientes (nomeadamente ferro, cálcio e vitamina C), que por sua vez está associada a situações de doença aguda, tais como anemia, menor capacidade do sistema imunológico ou défices cognitivos e de aprendizagem em crianças (15-17).

Leia Mais

Avaliação da incidência de Listeria monocytogenes em géneros alimentícios e o seu risco na população de grávidas

Durante a gravidez a mulher está exposta a diversos microrganismos no seu dia-a-dia que podem ser prejudiciais à sua saúde e ao desenvolvimento do feto. Com este trabalho pretendeu-se avaliar quais os alimentos com maior prevalência de Listeria monocytogenes e, consequentemente, que apresentavam um maior risco de causar listeriose na população de gravidas.

Leia Mais

O papel estratégico do Brasil em Segurança Alimentar e Nutricional na agenda internacional: oportunidades e desafios

No cerne deste debate, o Brasil tem se tornado ator relevante, desde o compartilhamento de experiências nacionais – principalmente mediante a Cooperação Sul-Sul (CSS) –, até a liderança em iniciativas internacionais. Neste sentido, duas perguntas se tornam fundamentais: 1) qual é a contribuição brasileira no plano internacional? 2) quais as oportunidades e desafios deste posicionamento?

Leia Mais