Gestão de Recursos Humanos – Formação – Competências - Prevenção

Gestão de Recursos Humanos – Formação – Competências – Prevenção

Há muito que temos ouvido e lido que o trabalhador é efetivamente o ativo mais importante da organização. Será como dizem ou será como FAZEM… A certeza está na política de gestão de recursos humanos. Se ela existir intrinsecamente, estamos a falar de ativos. Faz sentido. E se ela existir, claramente a satisfação e a motivação laboral cimenta-se e a organização terá menos entropias entre as quais a incidência para acidentes e baixas significativas. Dito isto, o que entendemos de gestão de recursos humanos (GRH)? Entre muitas definições (académicas entenda-se) significa o conjunto de atividades interdisciplinares com o objetivo de integrar, mobilizar e desenvolver os fatores individuais do trabalhador como o empenhamento, a motivação, a gestão de expectativas, os conhecimentos e o percurso profissional (experiência) ao serviço do grupo e da organização edificando o que designamos por capital humano.

Figura 1

Em contexto laboral, a GRH através da introdução de políticas e estratégias de organização, liderança, formação profissional e supervisão vai orientar o capital humano a nível dos seus comportamentos e do relacionamento em equipa para se atingir o melhor desempenho socioprofissional possível mediante o contexto e o ambiente laboral onde o trabalhador está inserido, criando contingencialmente uma boa qualidade de vida no local de trabalho satisfazendo e motivando os trabalhadores por forma a se sentirem peças fundamentais da engrenagem organizacional como um todo.

Uma dimensionada gestão de competências compromete claramente uma combinação dos quatro níveis de conhecimento (fig.1) atrás referidos, reforçando a necessidade de se estimularem atitudes e comportamentos pró-ativos consoante os vários contextos e cenários exigidos.

Figura 2

Os Princípios Gerais de Prevenção consignados no artigo 15º da Lei 3/2014 de 28 de Janeiro que o legislador designa por Obrigações Gerais do Empregador remete-nos implicitamente para o cromossoma da formação como elo de ligação entre todos. Este está subjacente a todo o articulado uma vez que, só se compreende a sua efetiva materialização se trabalhadores, chefias, dirigentes e outros interlocutores diretos ou indiretos envolvidos no processo produtivo e/ou de prestação de trabalho, tenham conhecimentos teórico-práticos sobre a função que desempenham com maior exigência, como se compreende, para os denominados grupos de risco (artigo 79º).

Por outro lado, quando se exige que os trabalhadores cumpram as normas de segurança e saúde no trabalho, que zelem pelos seus equipamentos, máquinas e outros utensílios de trabalho utilizando-os corretamente, estamos a falar de competências formativas necessárias ao longo do processo prestativo de trabalho, daí a formação no nosso entender se revestir de molde contínua, preferencialmente anual.

Evitaríamos assim acidentes tristes como os recentemente ocorridos com a morte de trabalhadores por falta de muita coisa entre as quais a formação no terreno.

Recordemo-nos que a segurança e saúde no trabalho exige de todos nós, além das obrigações e deveres inerentes à prevenção e proteção individual, a existência de uma política de GRH que promova o bem-estar de todos nós pelo que faz todo o sentido o esforço na gestão de competências individuais e sociais, integrando, mobilizando e retendo quem efetivamente oferece uma mais-valia na organização, “cativando-os o melhor possível”.

“Eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E serei para ti único no mundo.”

Antoine de Saint Exupéry

António Costa Tavares

António Costa Tavares

Técnico Superior de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Docente, formador e consultor em matéria de SST e Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho Quadro da Câmara Municipal de Cascais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscribe!